Observatório Zênite

O Observatório Zênite está localizado em Monte Carmelo, Minas Gerais a 18° 44' 07'' Sul e 47° 30' 50'' Oeste.

De propriedade do astrônomo amador Carlos Alberto Palhares, o observatório funciona ativamente desde novembro de 2016, apesar de ter intensificado suas atividades a partir da aquisição de uma montagem equatorial em fevereiro de 2017.

O primeiro binóculo foi adquirido em 2007, quando se iniciou estudos e observações mais frequentes do universo. Em 2009 veio o primeiro telescópio, período de intensa prática da astronomia observacional.

Mas a vontade de fotografar a imensidão de objetos celestes e também de tentar transmitir a emoção de se registrar uma "nuvenzinha" a milhões de anos-luz da Terra foi aumentando gradativamente, assim como uma melhoria natural na qualidade dos equipamentos.

Hoje o Observatório Zênite conta, como equipamento principal, com uma montagem equatorial Orion HEQ5 Sirius, um telescópio Celestron SCT C8, câmeras ASI290mc e Canon T1i, além de acessórios como binóculo, filtros e lentes.

Um dos trabalhos de destaque do observatório são os eventos de extensão organizados junto a Universidade Federal de Uberlândia, pelos quais já foram emitidos mais de 1.000 certificados de participação, para um público de alunos e servidores da universidade, alunos dos colégios rurais, públicos e privados, além de pessoas da comunidade em geral.

O observatório se destaca também astrofotografia, principalmente de objetos do sistema solar, tendo fotos publicadas em revistas como Scientific American Brasil, matérias publicadas em jornais e já foi contemplado com alguns prêmios em instituições de astrofotografia  reconhecidas em todo mundo.

Carlos Alberto Palhares é membro amador da SAB, Sociedade Astronômica Brasileira, da sociedade Astronomers Without Borders, do grupo de astronomia amadora Alfa Crucis e da comissão lunar da UBA, União Brasileira de Astronomia.

O Observatório Zênite é resultado da paixão pela ciência, astronomia e fotografia.